Grupos Shimano de estrada! Tudo o que você precisa saber!

Chegou a hora de comprar sua Road Bike, confira algumas informações que podem lhe ajudar na hora da compra sobre os grupos Shimano:

Um grupo é o conjunto de componentes que fazem você gerar movimento sobre a bike, seja andar ou mesmo parar, composto pelo sistema de transmissão, marchas e os freios.

Muitas empresas fabricam componentes para bicicletas, mas o mercado é dominado por três marcas principais:  Shimano, SRAM e Campagnolo.

Apesar das diferenças entre as marcas, os componentes vem com a proposta de entregar o mesmo trabalho, mesmo que haja algumas variações sutis como eles abordam suas funções específicas.

Vamos apresentar esse material dividido em quatro partes, começando pela Shimano que será apresentado abaixo, seguido da Sram, Campagnolo. Explicando suas diferenças e hierarquias e, em seguida, entraremos em maiores detalhes explicando os benefícios dos grupos mais caros e discutindo sua compatibilidade.

Confira algumas Road Bikes Seminovas com preço especial para leitores More Bikers clicando aqui;

O que compõem um grupo de bicicleta?

Um grupos compreende todas as peças mecânicas da sua bicicleta, basicamente tudo, exceto o quadro, o garfo, as rodas, pneu, mesa, guidão, o canote e o selim.

Você pode comprar um conjunto de grupos completo ou os componentes individuais e há alguma possibilidade de misturar e combinar entre conjuntos de grupos, embora muitos itens não sejam compatíveis entre si.

Quando você compra uma bicicleta nova, uma marca de bicicleta geralmente substitui algumas peças mais baratas com um conjunto de grupos, então você pode, por exemplo, obter um pedivela de um nível diferente ou mesmo uma marca diferente do resto do grupo.

Os componentes de um grupo completo são:

  • Pedivela;
  • Movimento central;
  • Alavancas de freio / alavancas de mudança, geralmente combinadas;
  • Câmbio traseiro;
  • Câmbio dianteiro;
  • Cassete;
  • Corrente;
  • Freios.

Grupos Shimano: diferentes níveis explicados

Shimano é a mais antiga e a mais utilizada das três marcas principais. Fundada no Japão em 1921 quando Shozaburo Shimano decidiu começar a fazer rodas livres em um canto alugado de uma fábrica de celulóide demolida.

Avançando para os dias de hoje, tornou-se tão bem-sucedido que a Shimano agora é responsável por pelo menos metade da indústria global de componentes de bicicletas.

Classificação dos grupos de estrada:

  • Claris R2000: 8 velocidades;
  • Sora R3000: 9 velocidades;
  • Tiagra 4700: 10 velocidades;
  • 105 R7000: 11 velocidades;
  • Ultegra Di2 R8100: eletrônico de 12 velocidades apenas;
  • Dura-Ace Di2 R9200: eletrônico de 12 velocidades apenas.

Classificação dos grupos de Gravel:

  • GRX RX400: 10 velocidades;
  • GRX RX600: 11 velocidades;
  • GRX RX810: 11 velocidades;
  • GRX RX815: eletrônico de 11 velocidades.

Grupos Shimano de entrada: Claris, Sora e Tiagra

Conjunto de grupos Claris R2000
Pedivela Shimano Claris

O último Claris R2000 pode ser o conjunto de estradas mais barato da Shimano, mas ainda pega emprestado dicas de design de seus irmãos mais caros. 

Separamos mais de 50 Road Bikes para você, confira clicando clicando aqui;

Shimano Claris R2000

  • Engrenagem: 8 velocidades;
  • Mudança: Mecânica;
  • Frenagem: Aro.

A gama de componentes Shimano começa com o Shimano Claris de baixo custo, que geralmente é encontrada nas bicicletas mais acessíveis disponíveis.

O Claris é um sistema de 8 velocidades (oito marchas na parte traseira) combinado com uma pedivela duplo e freios de aro.

Shimano Sora
Grupo Shimano Sora

Shimano Sora é um grupo de 9 velocidades comumente visto em muitas bicicletas de estrada de baixo custo.

Shimano Sora R3000

  • Engrenagem: 9 velocidades;
  • Mudança: Mecânica;
  • Frenagem: Aro.

Pode ser encontrada em bicicletas de nível básico e é um sistema de 9 marchas disponível em pedivelas duplas padrão ou triplas de amplo alcance.

Shimano Tiagra 4700

  • Engrenagem: 10 velocidades;
  • Mudança: Mecânica;
  • Frenagem: Aro, disco hidráulico.

Em seguida, vem o Shimano Tiagra, um grupo de 10 velocidades que oferece muito do desempenho do Shimano 105 (o próximo degrau na escada), mas economiza em áreas específicas, por exemplo, com pastilhas de freio inteiras em vez de pastilhas de qualidade superior.

Desde 2019, a Tiagra incluiu seus próprios freios a disco hidráulicos com alavancas que se assemelham as do 105. Eles substituíram a opção RS405 irregular fora da série. Também há uma opção de freio de aro.

Grupos de Performance Shimano: 105 e Ultegra

Grupo Shimano 105

O Shimano 105 R7000 apresentou um salto significativo em relação ao conjunto de grupos da era 5800.

Shimano 105 R7000

  • Engrenagem: 11 velocidades;
  • Mudança: Mecânica;
  • Frenagem: Aro, disco hidráulico.

Shimano 105  é o grupo mais focado em desempenho e mais acessível da empresa japonesa, vem em muitas bicicletas de estrada de médio porte.

Este grupo de 11 velocidades é considerado por muitos Bikers como a melhor combinação de desempenho, durabilidade e valor.

O lançamento do último grupo 105 R7000 trouxe alavancas hidráulicas e freios a disco correspondentes. Anteriormente, as desajeitadas alavancas RS505 eram consideradas equivalentes.

O Shimano 105 permanece apenas mecânico, a Shimano algum dia trará a mudança eletrônica para seu conjunto de grupos de estrada 105? E também é oferecido com freios de aro.

Grupo Shimano 105

Shimano Ultegra R8100

Aspecto Mason com Shimano Ultegra Di2 R8100
Pedivela Ultegra

A Shimano lançou o Ultegra R8100 ao mesmo tempo que o Dura-Ace R9200.

Shimano Ultegra R8100

  • Engrenagem: 12 velocidades;
  • Mudança: Eletrônico;
  • Frenagem: Aro, disco hidráulico.

Shimano Ultegra está um nível abaixo do Dura-Ace de nível profissional.

Ambos os grupos foram totalmente renovados em 2021, passando para 12 velocidades e para a mudança sem fio no grupo de freios a disco, onde os câmbios se comunicam sem fio com câmbios conectados a uma bateria central.

O novo conjunto de grupos Shimano Ultegra R8100 compartilha essencialmente todos os mesmos recursos de design que o Dura-Ace, ele ainda inclui uma opção de medidor de potencia.

Como resultado, ele oferece todo o desempenho que a maioria dos Bikers irá precisar, com a única diferença do Dura-Ace sendo um pequeno aumento de peso em troca de uma redução considerável no preço.

Shimano abandonou as opções do grupo de câmbio mecânico do Ultegra R8100 e apenas superficialmente atualizou a opção eletrônica do freio do aro (ainda está totalmente cabeado), então a versão Di2 Disc é a única versão do grupo que contém todos os desenvolvimentos mais recentes.

Grupos Shimano de nível profissional: Dura-Ace

Pedivela Shimano Dura Ace

O conjunto de grupos Dura-Ace mais recente é de 12 velocidades e apenas eletrônico.

Shimano Dura-Ace R9200

  • Engrenagem: 12 velocidades;
  • Mudança: Eletrônico;
  • Frenagem: Aro, disco hidráulico.

Shimano Dura-Ace é o ápice da variedade e recursos da Shimano em muitas bicicletas WorldTour de nível profissional. Ele combina design de ponta com materiais leves, como ligas de alta qualidade, fibra de carbono e titânio.

Atualizado em 2021 ao mesmo tempo que Ultegra e com melhorias semelhantes, o novo Shimano Dura-Ace R9200 agora oferece engrenagem de 12 velocidades e câmbio sem fio que afirma ser mais rápido do que o conjunto de grupos Dura-Ace R9170 Di2 da geração anterior.

Os sistemas de freios a disco Ultegra e Dura-Ace foram ajustados de forma semelhante. Eles agora usam a proporção da alavanca Servo Wave da Shimano para melhor modulação, enquanto os calibradores oferecem dez por cento a mais de folga, tornando-os mais fáceis de operar silenciosamente, de acordo com Shimano.

Assim como no Ultegra R8100, a Shimano eliminou a opção de troca mecânica do Dura-Ace R9200 e fez apenas alterações modestas na versão com freio de aro.

O Dura-Ace é mais caro, mas mais leve do que o Ultegra, e também oferece uma opção de pedivelas 54-40t maior para atender melhor às velocidades mais rápidas dos Bikers profissionais. Além disso, os dois grupos são funcionalmente iguais.

Componentes de Gravel Shimano GRX

Transmissão Shimano GRX
Shimano GRX

A Shimano finalmente adotou o sistema de transmissão 1× (Apenas uma coroa no pedivela) para bicicletas.

Em maio de 2019, a Shimano anunciou uma gama de componentes sob o nome GRX voltados para passeios de gravel, aventura e bikepacking .

O Shimano GRX oferece marchas mais baixas, mais adequadas para essas disciplinas e pela primeira vez para a Shimano, opções de marchas 1× prontas (ou seja, com uma única coroa na frente).

GRX não é um conjunto de grupos em si, é uma gama de componentes que complementa os conjuntos de grupos existentes da Shimano, com componentes nos níveis Tiagra, 105, Ultegra e Ultegra Di2. O esquema de nomenclatura é parecido com este:

  • Nível de   tiagra:  RX400;
  • Nível 105:  RX600;
  • Nível Ultegra: RX800.

GRX inclui alavancas hidráulicas dedicadas, alavancas em linha estilo ciclocross, câmbios traseiros Shadow RD, câmbios dianteiros e manivelas 1× e 2×.

Lembrando nosso leitores que a More Bikers é especializada na comercialização de bicicletas seminovas, caso você esteja pensando em trocar sua bike, comprar outra e até vender a sua estamos aqui para lhe ajudar, abaixo segue nosso contato, basta clicar aqui que vc será direcionado para equipe.

Escreva um comentário

0